sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Veículo da prefeitura de Anajatuba mata mãe de dois filhos e não presta socorro

Não é mais novidade para ninguém que o atual prefeito interino de Anajatuba, Sydnei Pereira, vem utilizando os bens públicos da Prefeitura como se fossem de sua propriedade. Não totalmente satisfeito com os abusos cometidos, agora ele está também permitindo que seus secretários façam o mesmo, isso é mais uma infeliz novidade para o povo daquele município.
IMG-20160218-WA0006
Pouca gente sabe, mas na segunda-feira de carnaval uma caminhonete de propriedade da Prefeitura de Anajatuba, modelo Ranger, cor branca, placa OJD 1632 foi vista por volta das 23:00 horas estacionada em frente ao Hotel Tropical na cidade de Itapecuru Mirim, onde estava o Secretário Municipal de Assistência Social, José de Arimatéias Marinho Carvalho, acompanhado de uma mulher.
Desde esse dia o carro não foi mais visto na cidade de Anajatuba, e até ontem a noite a população não sabia por qual motivo, mas hoje pela manhã o blog tomou conhecimento  que ontem a noite o referido veículo estava sendo transportado para São Luís em um reboque e quando tentou passar por volta das 23:00 horas as escondidas pelo posto da Polícia Rodoviária Federal de São Francisco foi apreendido pelos policias que estavam de plantão.
Ocorre que o carro atropelou e matou a senhora Noelma de Jesus Lima Frazão, que deixou dois filhos menores. O fatídico caso ocorreu por volta das 20:30 hs da terça-feira de carnaval, dia 09/02/16 na BR 135, nas proximidades do povoado Outeiro, município de Itapecuru-Mirim, tudo conforme consta na Ocorrência nº 1984235 da PRF (veja as fotos que mostram a frente do veículo totalmente destruída). Isso sim é dano ao erário e a vida.
O Prefeito agora tem que explicar como um carro oficial da Prefeitura de Anajatuba estava na cidade de Itapecuru-Mirim na terça-feira de carnaval por volta das 21:00 horas, dirigido pelo seu Secretário Municipal de Assistência Social.
Tem que esclarecer também por qual motivo não tomou as providências legais que se espera de um Prefeito, para que a vítima fosse socorrida, e fosse prestada assistência a sua família, principalmente por ter dois filhos menores. Precisa dizer a sociedade e as autoridades públicas, por que escondeu o carro da Prefeitura, e alugou um reboque para fazer o transporte da caminhonete para São Luís às escondidas.
O que se espera agora é que a Polícia Rodoviária Federal, bem como a Polícia Civil de Itapecuru-Mirim possam investigar esse crime que acabou por tirar a vida de uma cidadã, e que o Prefeito Sydnei e seu Secretário Arimateia,  expliquem a razão de não tomaram as providências que se esperava deles.
IMG-20160218-WA0003
IMG-20160218-WA0009

Nenhum comentário:

Postar um comentário